Igreja Adventista marcha em Luanda contra abuso de menores

Milhares de fiéis da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD), saíram no domingo, 2, às ruas da cidade de Luanda, em marcha contra todo tipo de abuso de menores, no país. Durante a marcha foram ouvidas várias mensagens de repúdio a qualquer acto que configura violação dos direitos da criança. O momento mais alto aconteceu […]

Milhares de fiéis da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD), saíram no domingo, 2, às ruas da cidade de Luanda, em marcha contra todo tipo de abuso de menores, no país.

Durante a marcha foram ouvidas várias mensagens de repúdio a qualquer acto que configura violação dos direitos da criança.

O momento mais alto aconteceu na praça da independência, onde o presidente da União Nordeste de Angola, pastor Teixeira Mateus Vinte, apresentou uma mensagem clara sobre o posicionamento da Igreja Adventista, quanto ao abuso de menores.

Na sua intervenção, diante de membros da igreja e convidados, o líder da União Nordeste de Angola (UNA), disse que os adventistas do sétimo dia, pautam pelos princípios bíblicos e morais, por este facto, referiu, assumem a condenação de todo tipo de abuso contra as crianças.

“A igreja como instituição, conforme orienta a Bíblia, assumimos uma postura de condenação de todas as formas de abuso às crianças; indeia incorporada desde os líderes aos liderados, das mulheres aos homens, dos idosos aos jovens, dos adolescentes as crianças”, disse.

Para Teixeira Vinte, a Igreja Adventista consciencializa os seus membros, a banir qualquer atitude que reprove toda a forma de abuso contra a criança.

“Nós, a igreja Adventista do Sétimo Dia, as crianças são as mais valiosas, que hoje temos. O desejo mais afectuoso da família sanguínea e da igreja, que hoje temos, centraliza-se nos nossos filhos com oração de que eles sejam parte do reino de Deus, tanto no presente quanto no futuro”, realçou.

O pastor Teixeira Mateus Vinte assinalou que, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, manifesta total solidariedade às crianças vítimas de abuso e fez saber que, douravente, os adventistas não vão se calar diante dos actos que atentam contra o bem-estar fisico, espiritual e emocional da criança.

“A igreja por meio de departamento do Ministério Jovem e do Ministério da Criança e outros ministérios, nos convergimos aqui para solidarizarmo-nos com todas as crianças já abusadas e, que sofrem maus-tratos no meio da sua família e da sociedade”, disse acrescentando que “a nossa presença neste lugar é para dizer a toda sociedade que a Igreja Adventista do Sétimo dia já mais estará em silêncio quando ouvirmos em qualquer parte da cidade de Luanda ou no país, nós sairemos à rua para repudiar este tipo de acto”, garantiu o líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Sou membro da equipa de atendimento e informações da Rádio Adventus Online, a sintonia da esperança 93.9, estamos prontos para servir... Por: Rádio Adventus


Deixe o seu comentário!

Chamar pelo WhatsApp
1
Escanear o código
RÁDIO ADVENTUS
Olá! Podemos ajudá-lo?